Área do Associado:

Esqueci minha senha

Newsletter

Adicionar Remover

Agenda

Associe-se

Associe-se

Notícias

Preço do pãozinho de sal pode subir em Curitiba

Aumento do valor cobrado pelo quilo do trigo foi de 10% nas duas últimas semanas

O pãozinho de sal pode ficar mais caro nos próximos dias. Isso porque o preço do trigo apresentou um aumento de 10% nas duas últimas duas semanas, em função da queda dos estoques internacionais do cereal causada pela seca e incêndios dos campos da Rússia, um dos grandes produtores mundiais do grão. O preço médio do quilo do pãozinho em Curitiba oscila entre R$ 6 e R$ 6,50, segundo as informações do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Paraná.

"Não posso afirmar que irá haver um aumento de 10% no preço do pão porque cada padaria trabalha com uma planilha de custos e, além disso, o trigo impacta em apenas 30% no preço final do produto", explicou o presidente do Sindicato Wilson Felipe Borgmann. Ele ressaltou ainda que as empresas podem promover adequações à planilha e, por isso, não haver reajustes. 

Uma pesquisa do Disque Economia, realizada nas maiores redes de super e hipermercados de Curitiba apontam aumento médio de 1,75% no preço do quilo do trigo, tipo especial (mais usado no preparo do pão). A alta foi encontrada no confronto de preços médios cobrados entre os dias 17 de julho a 12 de agosto. Os pesquisadores são sempre orientados para considerar o menor preço praticado pelo estabelecimento para o produto analisado.

O preço médio apurado no varejo de Curitiba em 17 de julho era de R$ 1,17 para o quilo da farinha de trigo. Já ontem, o valor era de R$ 1,19. No entanto, o quilo da farinha de trigo, tipo especial, foi encontrado a R$ 1,79.

Já com relação ao preço do quilo do pão de sal, neste caso também vendido nas padarias das redes de super e hipermercados, ocorreu uma retração de 6,30%, em igual período. O preço saiu de R$ 4,92 no dia 15 de julho, se manteve em igual patamar até o dia 29 de julho para depois recuar para os atuais R$ 4,61.

O Brasil consome cerca de 10 milhões de toneladas de trigo por ano e importa metade deste número de outros países produtores. A seca na Rússia, que é um dos maiores produtores mundiais de trigo, afetou o Brasil, que sofre com as fortes elevações dos preços internacionais, na casa dos 30%.

Por conta deste cenário, Borgmann afirma que o mercado espera um novo reajuste de 10%. "Isso seria para compensar esse aumento de 30% que houve no mercado externo desde o início de agosto", afirmou. "Temos de esperar para saber como o mercado irá se comportar com esses novos valores", finalizou.

Fonte: Bem Paraná

Publicado: 13/08/2010
Sindipães | Sindicato da Industria de Panificação e Confeitaria do ES

Endereço

Rua Rosa Vermelha, 700, Novo México, Vila Velha/ES
Telefones: 27 3319-1995 – 3063-3095
Celular VIVO – 27 9 9792-9671
Celular TIM – 27 9 8184-0888 / 9 8184-0607
E-mail: secretaria@sindipaes.org.br

Rede Social

Site desenvolvido por Tribo Propaganda